Coronavírus: prevenir é o melhor remédio

Criado por: Datatins - 18/03/2020

Cuidando de você, você cuida de todos!

É provável que a transmissibilidade comunitária do Covid-19 (aquela que ocorre de origem desconhecida) aumente nos próximos dias. Não há motivo para pânico, mas é importante adotarmos algumas medidas de precaução para diminuir o surto e proteger as pessoas mais vulneráveis.


A maioria dos infectados apresenta sintomas leves, caracterizados especialmente por tosse seca, dor de garganta, febre e dor de cabeça. Contudo, pessoas imunossuprimidas e idosos podem desenvolver estágios mais graves da doença, com comprometimento pulmonar e insuficiência respiratória, podendo ser ainda mais severo caso existam doenças associadas como diabetes, hipertensão, asma e doenças cardiovasculares.


Precisamos lembrar que a Influenza (gripe comum) continua circulante, por isso não há necessidade de procurar os serviços médicos de urgência nos primeiros sinais e sintomas.

 

Pensando em você e na sua família siga algumas orientações de prevenção:


1 - Caso você tenha tido contato com alguma pessoa infectada ou com suspeita de infecção por CoVid-19 (Coronavírus), comunique imediatamente o fato aos órgãos de saúde.

 

2- Se você apresentar algum sintoma do Coronavírus procure atendimento médico. Havendo necessidade, respeite o período de isolamento.

 

3 – Redobre a higiene das mãos. Lave-as com frequência, use álcool gel e, nesse momento, apertos de mãos devem ser evitados.

 

4 - Evite tocar sua boca, nariz e olhos, especialmente se estiver no transporte público.

 

5 - Proteja a boca e o nariz com um lenço ou com o antebraço ao tossir ou espirrar.

 

6 - Não compartilhe copo, toalhas ou outros utensílios com os colegas.

 

7- Mantenha os ambientes bem ventilados, evite reuniões e aglomeração de pessoas.

 

8 - Proteja sua família. Ao chegar em casa lave as mãos imediatamente.

 

9 - Redobre os cuidados de higiene se tiver contato com algum idoso ou pessoa em estado de fragilidade.

 

10 - Crianças normalmente são mais resistentes ao vírus ou até assintomáticas. Então, evite, por enquanto, mantê-las próximas ou sob cuidado de idosos.

 

Cuidando de você, você cuida de todos!